Pesquisar

Parto Natural

publicidade

Não se trata de uma posição específica, na verdade pode ser em qualquer posição desde que a mãe não receba qualquer intervenção como anestesia, fórceps, indução, episiotomia, manobras na barriga, etc., ou seja, a mãe é apenas observada durante a evolução do trabalho de parto. O médico está ali apenas para um caso de emergência.

O ritmo e o tempo da mulher e do bebê são respeitados e a mulher tem liberdade para se movimentar e fazer aquilo que seu corpo lhe pede. A recuperação é rápida.

Para o alívio das dores, é importante a mãe aprender no seu curso de gestantes técnicas de respiração e relaxamento e sentir-se segura do que quer.

Mulher durante trabalho de parto segurando a mão do marido e acompanhada do médico - foto: XiXinXing/ShutterStock.com

publicidade
publicidade