Os cuidados na contratação de uma babá

A escolha da babá para uma família precisa obedecer alguns cuidados básicos: em primeiro lugar, a entrevista pessoal com a candidata é fundamental, para que se possa observar o asseio corporal, a expressão facial e a maneira de falar, além de indagar sobre a escolaridade e as saídas dos outros empregos (que geralmente reflete a conduta moral da pessoa, se segue preceitos éticos ou não). Outras observações devem ser feitas, como a sua organização familiar e, principalmente, perceber e sentir se acontece a famosa empatia, tão necessária entre pessoas que venham a conviver diariamente.

Caso a entrevista tenha sido favorável, segue-se a etapa das referências de trabalhos anteriores, que devem ser fidedignas. Para se atestar isso, os pais devem verificar pessoalmente a existência do endereço como sendo real. Se a candidata for inexperiente, será preciso buscar referências pessoais, com muito cuidado. Muitas vezes, a busca de antecedentes criminais pode não ajudar muito, pois infelizmente existem vários casos de denúncias de maus-tratos que não chegam a constar na polícia.

Após terminada essa etapa, a mãe deve então chamar a candidata para uma nova entrevista, na qual poderá observar outros itens que tenham sido deixados para trás, citando alguns pontos importantes acerca do trabalho doméstico e as necessidades de sua família. Antes dessa etapa, será preciso evitar que a babá tenha contato com a criança, para que a mesma não seja exposta ao trânsito de candidatas.

Cada família tem sua forma de organização própria, mas de um modo geral existem algumas características que não devem faltar a uma boa babá: ser afetiva, sincera, responsável, higiênica, ter disposição física e emocional para brincar, vontade de aprender coisas novas, capacidade de adaptação e de comunicação, iniciativa, alguma capacidade de organização e fundamentalmente, ser bem- humorada.

Caso a nova babá demonstre flexibilidade, adaptando-se sem dificuldade a situações novas, o que também precisa acontecer com a família, o primeiro passo já terá sido dado. A seguir, muito importante será a comunicação entre ambos: a babá precisa ficar a par do que a família espera de seu trabalho (bem como dos limites de sua atuação) e a família precisa saber o que ela espera em troca. Geralmente, uma profissional que é bem tratada vai retornar em empenho e dedicação em sua função.

Aos poucos, e com alguma paciência, os costumes da família vão sendo mostrados e percebidos. Até mesmo as crianças, quando têm afinidade com a nova babá, costumam facilitar a sua adaptação.

Antes da experiência diária propriamente dita, que faz com que nos certifiquemos da escolha feita, o mais importante, antes de tudo, é a demonstração da vontade de aprender e de acertar nos procedimentos por parte da profissional.

Os certificados de conclusão de cursos na área entram como demonstração de um empenho profissional, embora seja necessário que se verifique a validade dessa certificação, a abrangência e qualidade do conteúdo dos cursos feitos e até mesmo o material didático, se houver. É preciso notar, ainda, que as candidatas que não possuem alguma certificação podem não ter tido essa oportunidade por diversos motivos.

A experiência, por si só, pode não significar tanto se a candidata demonstrar rigidez em seu comportamento, apego a crendices, inadaptabilidade ou desinteresse. Algumas vezes, treinar babás inexperientes pode ser mais eficaz, desde que observadas a responsabilidade e iniciativa necessárias.

Outro ponto que deve ser considerado é a capacidade de organização e profissionalismo de uma candidata que se apresente com um currículo, que pode ser simples e direto, mas que, trazendo informações organizadas e referências atualizadas, facilitam aos pais da criança ao momento da contratação. Isso ainda é uma novidade, e a grande maioria das babás sequer sabem que é preciso muito pouco para se organizar dessa forma.

Finalmente, é preciso destacar que nenhuma destas credenciais vale muito se não estiverem associadas a uma boa impressão e a outras características fundamentais.

Fernanda Roche

Pesquise aqui
 
 
Depoimento