Pesquisar

Lingeries para gestantes

O uso de lingeries adequadas é indispensável durante a gravidez

publicidade

A maternidade exige cuidados especiais. Nessa fase, o corpo da mulher sofre grandes mudanças, que podem gerar desconforto.

Escolher a lingerie certa ajuda a prevenir transtornos durante a gravidez, como problemas de circulação e, danos ao corpo, como o surgimento de estrias no pós-parto.

O ideal é aposentar as calcinhas tipo tanga e os sutiãs com armação e bojo durante a gravidez e escolher peças próprias para gestantes, que garantem conforto e sustentam a barriga e os seios, muito mais pesados nessa fase.

Mulher grávida usando lingerie adequada às gestantes - Foto: Vikulin/Shutterstock.com

O mercado oferece milhares de modelos. As peças sem costura e de cintura alta são muito recomendadas. Opte pelas feitas em microfibra ou algodão com elastano, que não causam alergias e deixam a pele respirar.

As calcinhas mais modernas têm um cinto elástico que dá suporte e não comprime a barriga nem incomoda o bebê. Alguns modelos têm as laterais e frente inferior em tecido reforçado e se expandem conforme o bebê cresce. Alguns modelos são recomendados para os primeiros meses e outros para o final da gestação. Não deixe de verificar essas informações na embalagem antes de comprar.

Algumas das inovações nessa área incluem lingeries com recorte anatômico que prometem aliviar as dores lombares tão comuns durante a gestação. Outras têm proteção contra ondas eletromagnéticas na barriga e tecidos antiestáticos para auxiliar todo o processo da gestação. Alguns modelos, inclusive, são projetados com características terapêuticas e antibacterianas.

O sutiã também merece muita atenção. Ele deve ter tiras largas que sustentem o peso dos seios e não machuquem a pele.

Lembre-se que mesmo após a gravidez os cuidados devem continuar. As lingeries próprias para o pós-parto ajudam o corpo a retomar a antiga forma.

publicidade
publicidade