Ida para a creche / escola

Preparo para o Desafio

Está chegando a hora de seu filho ir para a creche/escola. Neste momento surgem tantas dúvidas, que é difícil saber por onde começar.

Qual é a melhor escola? E se ela chorar? Vamos chorar também? Quem vai levar, quem vai buscar? Lá haverá muitas crianças, será que ela vai saber se defender? Ela será bem tratada? Cuidarão bem dela? Será que ela vai se adaptar?

Sem sombra de dúvidas, esta é uma nova situação que irá mexer com a família inteira. Preparem-se, pois, afinal de contas, vocês estarão vivendo um momento de transição. Sua criança estará passando por mudanças biológicas, psicológicas e sociais no seu desenvolvimento. Não se assustem : é natural e faz parte da vida.

Algumas famílias, diante de novas situações, procuram sempre buscar soluções; outras, só conseguem enxergar os problemas.

Não seria este um bom momento para você pensar sobre qual é o padrão de sua família? Ele poderá facilitar ou dificultar, de alguma maneira, a adaptação da sua criança à creche/escola.

Agora, pense conosco: se um dia a criança saiu da "barriga da mãe", para a "barriga da família", por que, então, não dizer que agora, indo para a creche/escola, ela não estará, saindo da "barriga da família", para a "barriga da sociedade"?

Na creche/escola, ela conviverá com outras crianças da mesma faixa etária, que poderão apresentar comportamentos e atitudes, muitas vezes, diferentes das suas. Nesse novo ambiente, ela encontrará normas e regras, nem sempre as mesmas com as quais está habituada; terá novos aprendizados, inclusive o de compartilhar com outros o mesmo brinquedo. É uma nova etapa do seu processo de individualização, o qual a acompanhará ao longo da vida, através da ampliação constante de novas experiências.

Portanto, papai e mamãe: procurem reconhecer com naturalidade esse momento de transição, o qual é parte de um processo que envolve o desenvolvimento, não só da criança, mas da família como um todo. Busquem obter o máximo de informações e recursos que os ajudem a atravessá-lo com equilíbrio. Visitem as creche/escolas com as quais vocês se identificam, conversem com orientadores, coordenadores, professores e com outros pais. Isso trará maior segurança para sua escolha.

Mas temos ainda, uma dica de um recurso valioso, ao qual vocês poderão recorrer. Sabe onde encontrá-lo? Lá mesmo, nas suas próprias famílias de origem. Afinal de contas, não é a primeira vez que elas vivem a experiência de ter uma criança indo para a creche/escola. Indague, como elas viveram essa situação? Quem foi que mais se preocupou? Quem mais ajudou ou atrapalhou? Como fizeram? O que deixaram de fazer? O que poderiam ter feito diferente?

Desta maneira, vocês irão ter a oportunidade de abrir um "baú de recursos familiares", entrar em contato com o passado das suas famílias e rever situações do "arco da velha". Mas, não fiquem aí parados. Avaliem e atualizem, aproveitando para dar um novo significado para a situação dos dias atuais.

Boa sorte!

 

Pesquise aqui
Depoimento