Pesquisar

Educação Física para Bebês?

As propostas que envolvem o movimento corporal favorecem o desenvolvimento integral dos bebês, potencializando aspectos cognitivos e afetivos

publicidade
Desde o nascimento, os bebês se comunicam e experimentam o mundo com o corpo:  observar, ouvir, tocar, sentir e se movimentar permitem que eles se apropriem, aos poucos, dos ambientes e das pessoas. Dessa maneira, é fundamental que os adultos possibilitem ao bebê grande diversidade de experiências sensoriais.

Nas aulas de Movimento, nomenclatura utilizada no berçário da escola Eduque para as aulas de educação física, as propostas são planejadas pelo professor especialista levando em consideração, além das experiências sensoriais, a necessidade psicomotora de cada criança e as características da faixa etária (4 a 24 meses). A preparação de um ambiente instigante e que promova desafios corporais também tem um papel muito importante no desenvolvimento motor.
educação física para bebês - Foto: pixabay
Seguem abaixo algumas propostas que os bebês realizam nas aulas:

4-12 meses
As brincadeiras propostas nessa fase são realizadas individualmente com cada bebê, como: balançar no tecido de lycra, rastejar por baixo de túneis, rolar sobre cilindro de espuma, sentar no apoiador, brincar de esconder, engatinhar buscando brinquedos, ficar em pé apoiando nos brinquedos de espuma, pinçar objetos de diferentes formas e cores, além dos estímulos auditivos, por meio de conversas, músicas cantadas e tocadas e a exploração de objetos sonoros, essenciais também no desenvolvimento da linguagem verbal.

12-24 meses
As crianças dessa faixa etária vivenciam propostas com desafios mais complexos e todos interagem no mesmo espaço, sendo a aula coletiva com intervenções individuais do professor. Elas são estimuladas a andar sem apoio, escalar os tatames, escorregar, saltitar sobre cordas, se equilibrar em pequenas placas de EVA, correr desviando dos obstáculos, manipular brinquedos de diferentes tamanhos e pesos, encaixar objetos, imitar expressões corporais, cantar, dançar e explorar sons diversos.

Para que as crianças possam seguir tranquilamente para as próximas atividades, todas as aulas são finalizadas com diferentes relaxamentos e massagens.

O olhar cuidadoso e intencional para as propostas que envolvem o movimento corporal favorece o desenvolvimento integral dos bebês, potencializando, assim, aspectos cognitivos e afetivos.
publicidade
publicidade