Pesquisar

Cuidado com a exposição dos filhos pequenos nas redes sociais

O risco está no costume que grande parte desses usuários têm de divulgar sua rotina

publicidade
Com a febre das redes sociais, o número de pessoas constantemente conectadas por meio de computadores e smartphones é cada vez maior. O risco está no costume que grande parte desses usuários têm de divulgar sua rotina. Os internautas, porém, não percebem o perigo que alguns comportamentos nas redes podem causar. A ameaça aumenta ainda mais com publicações e fotos de crianças.
 
Em muitos casos, os filhos nascem e os pais logo divulgam fotos em seus perfis. São imagens do parto, da chegada em casa, do primeiro banho, da visita de familiares... e a criança fica cada vez mais exposta na internet. Para os pais, essa simples ação pode parecer banal. Porém, essa exibição toda facilita as possíveis tentativas de golpe, sequestro ou pedofilia.
 
“É importante lembrar que a internet não pode ser utilizada como um álbum de família, pois o alcance das imagens compartilhadas é ilimitado”, explica Robert Wagner dos Santos, especialista em Segurança da ADT, maior empresa de monitoramento de alarme no Brasil. Informações sobre o local em que a criança estuda, por exemplo, devem ser evitadas, assim como a divulgação da localização de passeios.

cuidado com a exposição de crianças nas redes sociais - Foto: stock-world-on / Freepik

A ADT alerta para os cuidados com a exposição de filhos pequenos na internet. Confira algumas dicas.
 
1. Não divulgue os hábitos da rotina da criança, como atividades escolares e hobbies. Atente-se, também, para não divulgar fotos que mostrem o uniforme da escola;

2. Não poste fotos que revelam partes íntimas da criança;

3. Não faça publicações ou poste fotos que mostrem a casa e o endereço em que moram. Tenha cuidado com aparelhos que mostram a localização, como o GPS ligado no celular, por exemplo;

4. Não divulgue fotos de seus filhos acompanhados de outras crianças. A imagem delas é de responsabilidade dos pais;

5. Caso um conteúdo sobre seu filho seja usado por outras pessoas, contate-as e peça que parem. Se não der certo, procure os responsáveis da rede e peça que retirem a publicação;

6. Evite o uso de hashtags, já que usuários desconhecidos podem encontrar suas postagens e ter conhecimento de sua rotina;

7. Adicione apenas familiares e amigos nas redes sociais. A presença de estranhos aumenta o risco de suas publicações caírem em mãos de pessoas mal-intencionadas. Atente-se, também, para que seu perfil nas redes não esteja no modo 'público';

8. Evite postar fotos em qualidade muito alta. Imagens com boa resolução podem ser manipuladas e editadas por qualquer um e para qualquer fim.
publicidade
publicidade