Câimbras na gravidez: previna

Alimentação saudável, alongamentos e atividades físicas ajudam a minimizar as ocorrências

A definição de câimbra é uma contração involuntária do músculo esquelético. É mais frequente durante a noite ou após excessos de exercícios físicos sem o devido condicionamento para tal. É mais comum nos grupos musculares da panturrilha e anterior e posterior da coxa. Na gravidez, as câimbras acontecem mais no 2º e 3º semestre e casualmente pode ocorrer na musculatura abdominal.

O Dr. Victor Hugo Sanchez, membro da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO) com título de habilitação em Medicina fetal, explica formas de evitar as indesejáveis câimbras no período da gestação. “É importante fazer alongamentos antes de dormir, caminhadas frequentes, natação, usar roupas confortáveis e evitar o salto alto.”

A alimentação também é importante. A gestante deve evitar refrigerantes, salgadinhos, produtos enlatados, que contém fósforo que, em excesso, podem produzir câimbras. “Consumir alimentos ricos em cálcio (leites e derivados), magnésio (folhas verdes como couve, rúcula, espinafre), grãos como lentilha, feijão e cereais integrais e também o potássio, presente na banana, no tomate, feijão branco e cenoura”, esclarece o médico.

O Dr. Victor aconselha que a gestante faça alongamentos quando sentir algum grupo muscular afetado. “Fazer também massagem no músculo atingido, tomar banho de água quente ou por uma bolsa quente no local afetado. Pequenas caminhadas também podem aliviar a dor”.

A falta de alimentos ricos em potássio, magnésio, cálcio podem causar as câimbras, além do excesso de fósforo junto com a desidratação. Dr. Victor explica que, usualmente, as câimbras não são motivos de preocupação. “Se são contrações involuntárias esporádicas, não há motivo para apreensão. Se as câimbras são muitos frequentes e produzem dor constante, outros fatores devem ser avaliados, como inchaço, vermelhidão, alteração da sensibilidade do local, pois podem ser causas relacionadas com alteração vascular”.

Natássia Massote

Comentários

Marcinha

Sinto muita cãimbra à noite,muitas vezes quando levanto para ir ao banheiro,preciso ser quase carregada!

Cristiane Silva

todas as noites pra mim é muito dificil para dormir sinto muitas dores nas pernas, atras do joelho e na panturilha. Começou a aparecer tambem muitos vazinhos que doem muito ao encostar.
As dores só passam com uma boa massagem do marido.

Jessikinha

estou com 7 meses e sinto muita caimbra nas pernas quando estou dormindo.

Ana Ferraz

Na minha primeira gravidez sofri muito com as câimbras. Já na segunda gestação tive uma dica que resolveu o problema: coloquei uma tesoura debaixo da cama! Não sei qual a explicação científica,mas o que importa é que deu certo. Nessa gestação tive câimbra apenas uma vez, então lembrei da recomendação e até agora as câimbras não se repetiram! Fica a dica!!!

Linda

De uns dias pra ca tenho sentido caimbrA ...

Kah

estou com 4 meses mas desde o 2 mês que sinto nas pernas e agora no pé direito

Enelisantos2013

Estou no meu 5 MES E TENHO CAIMBRAS NA MÃO ESQUERDA E NO PÉ DIREITO

Kat.vieira119

estou gravida de 4 meses, tenho muitas caimbras dores na perna. faço sempre muita caminhada.. e isso alivia bem..

Sorency

Caramba! Se as caimbras começam no 2o ou 3o SEMESTRE, quantos meses vai durar essa gravidez, hein? Bom a minha dura só 9 meses mesmo, segunda gestação e cheia de caimbras novamente!

Amandinha

Estou com dois meses de gravida e já estou sentindo um pouco a mais de câimbra já, mas o que esta muito frequente agora é os enjoos e azia!

Cicinha

Estou no quarto mês e sinto caimbra na perna a noite acordo muito encomodada

Déia

Tenho sentido caimbras geralmente na panturrilha e sempre a noite.

Mas, agora com a dica vou cuidar mais da alimentação e fazer sempre atividades fisicas.

Pesquise aqui
 
 
Depoimento