Pesquisar

Cada nova tentativa frustrada era muito mais dolorosa que a anterior - Graziela

publicidade

Antes do Níckolas chegar perdi três bebês, todos antes das 8 semanas. No primeiro, disseram que era normal e eu acreditei, fiquei triste, mas aceitei. No segundo, passei muito mal, a hemorragia foi muito intensa, mas a dor da perda foi mil vezes maior que a dor física. Pediram exames e tudo dava normal, era tudo normal. Eu sofria horrores, lia e relia tudo sobre abortos espontâneos, chorava, dizia que não queria mais, depois dizia que queria. Meu esposo foi extremamente compreensível comigo, foi uma fase muito difícil e eu chorava dia e noite. Troquei de médico e sofri mais um aborto. Cada nova tentativa frustrada era muito mais dolorosa que a anterior. Meu médico, como não via problemas nos exames, decidiu cercar por todos os lados, me entupiu de vitaminas, e eu engravidei novamente.

Eu já havia chorado tanto, sofrido tanto, me decepcionado tanto, que nem cheguei a ficar feliz. Pelo contrário, quando vi o teste positivo a primeira coisa que eu pensei foi:  “Meu Deus, perder mais um eu não vou suportar!!!”. Passou uma semana, duas, três e eu comecei a ficar confiante. Passadas as 8 semanas iniciais eu já estava irradiando felicidade. Com 16 semanas passei um nervoso no trabalho e passei muito mal, comecei a ter contrações e meu médico me afastou. Ele dizia: “estamos indo tão bem que não vamos perder esse bebê por causa de um nervoso. Vai ficar em casa”. Fiquei afastada por 2 meses do trabalho. Depois voltei a trabalhar, já com nome pro meu barrigão. Era o Níckolas que estava ali, e mesmo eu passando muito mal, cheia de restrições, ficando 8 semanas de repouso absoluto, eu era só sorrisos e alegrias. 

O Níckolas nasceu de 39 semanas em uma cesárea (pois na última semana a minha pressão começou a subir), é a alegria da minha vida, meu tesouro mais precioso, meu bem mais querido!!! Eu costumo dizer que ele tem a energia de quatro crianças, pois não para um segundo sequer. Deus me deu meu filho e ele vale por ele e pelos outros três que eu perdi!!! 

Hoje ele já tem 1 ano e meio e é a alegria do papai e da mamãe!!! 

Agradeço a Deus por ter me dado um esposo compreensivo e amoroso, por ter colocado um médico tão bom no meu caminho e, principalmente, por ter me enviado o Níckolas!!!!

Graziela

publicidade
publicidade