Bebê até 1 ano

Trocando o berço pela cama

Logo que começam a ensaiar os primeiros passos, a agilidade somada ao gostinho de liberdade que a criança experimenta, pode fazer com que alguns lugares na casa deixem de ser seguros ou confortáveis. É o que leva os pais, nessa fase, a mudar o bebê do berço para a cama.

Esta será uma nova experiência que lhe dará muito prazer, pois significa subir mais um degrau no caminho da independência. Além disso, os pequenos têm uma grande admiração pelos adultos e tudo que os faz parecer com eles é divertido.

É importante que o pequeno saiba da mudança aos poucos e se envolva com ela participando de tudo, como na compra da cama nova, dos lençóis e do travesseiro.

Os papais devem tomar cuidado com relação ao sumiço do berço, ele simplesmente não pode sumir de uma hora para outra, a criança tem que saber para onde levarão seu velho bercinho.

Na hora de escolher a cama para os filhos, tente escolher uma baixa, para facilitar o acesso da criança, e sem quinas pontiagudas que possam machucá-la. Nos primeiros meses, convém adaptar a ela uma meia grade, como proteção contra quedas. Os espaços entre as colunas dessa grade devem ser pequenos, para impedir que a criança coloque neles a cabeça, os braços ou as pernas.

Algumas crianças vão sofrer um pouquinho com a saída do berço, mas isso é normal. Dê atenção a cama nova, mostre a criança o quanto de espaço tem agora para dormir. Diga também à criança o motivo da troca, fale que ela está crescendo e que daqui a pouco não haveria mais espaço dentro do berço pra ela.

Se seu filho tiver um irmãozinho ou uma irmãzinha, fica mais fácil de fazer a troca para a caminha, pois todo irmão caçula gosta de imitar o mais velho. Tente mostrar que o irmão já é grande e é por isso que ele dorme na cama. A criança irá sentir vontade de ir logo para a cama.

Rafaela Rosas

Depoimento