Teste do Coraçãozinho

Mãe e pai devem ter conhecimento de testes importantes para detectar doenças logo após o nascimento do filho e assim poder tratá-las o quanto antes. Os mais famosos são: teste da orelhinhateste do pezinho e teste do olhinho. Exames simples que aumentam as chances de cura caso diagnosticados logo no começo da vida. Mas há um novo teste que pode ajudar ainda mais os bebês na busca de uma melhor qualidade de vida: o teste do coraçãozinho ou oximetria de pulso.

Médico examinando coração do bebê

Antes de explicar como é feito o teste do coraçãozinho, vamos recapitular os outros exames. O teste do pezinho é o mais conhecido, podendo avaliar se o bebê tem doenças metabólicas, genéticas e infecciosas, que poderão causar alterações no desenvolvimento neuropsicomotor do bebê.

Outro tipo é o teste da orelhinha, que pode detectar se o bebê tem alguma perda auditiva. O exame pode prevenir algum problema no desenvolvimento da fala e linguagem. Há também o teste do olhinho, que pode encontrar algum risco para a cegueira infantil.

O teste do coraçãozinho pode até salvar a vida de bebês que nascem com defeitos cardíacos. Se trata na verdade de uma pulseira que mede a concentração de oxigênio no sangue e que detecta problemas no coração antes mesmo de aparecerem sintomas. O lado bom: leva menos de 5 minutos. Geralmente, um a cada 130 bebês pode apresentar alterações cardíacas congênitas, como buracos entre as câmaras do coração e defeitos na válvula cardíaca.

Em algumas maternidades no Reino Unido, o teste do coraçãozinho possibilitou a detecção de 75% das alterações cardíacas. Juntamente com outros métodos pré e pós o nascimento, como ultrassonografia e ecocardiograma, a probabilidade de detecção subiu para 92%.

O problema é que esse teste é pouco difundido no Brasil. O Hospital São Luiz, em São Paulo, é um dos poucos que realiza exames desse tipo. No entanto, caso os pais queiram que o filho seja submetido ao exame, o pequeno necessita de atestado médico antes de chegar aos testes. Geralmente, os hospitais fazem diversos exames cardíacos no recém-nascido, e não somente do coraçãozinho, encarecendo o exame. Portanto, um exame pode variar entre R$ 100 e mais de R$ 1.000.

A descoberta precoce de problemas cardíacos congênitos é muito importante para a realização de cirurgias rápidas e precisas. Sem esse teste o bebê pode receber alta sem que as anomalias congênitas do coração fossem encontradas, o que poderia agravar sem auxílio médico.

Alguns hospitais no Brasil já realizam esse teste. Pergunte e peça para o seu médico a realização da triagem neonatal completa com os testes do pezinho, orelhinha, olhinho e coraçãozinho.

Bruno Rodrigues

Leia Também:

Comentários
Miana

Me diz detalhado os testes que são feitos nesse do coraçãozinho, pois meu plano de saúde exige detalhado. Assim como o do pezinho veio na guia especificando todos que seriam feitos.

Guia do Bebê

Não há o que detalhar é um teste já conhecido e reconhecido por todos na área de saúde como "Teste do Coraçãozinho", cujo nome mais técnico é "oximetria de pulso". Se o plano está lhe exigindo alguma informação adicional, consulte o pediatra de seu bebê.

Paula

Nossa eu nao faço idéia. Fiz o eco fetal no nono mês de gestacao no laboratório CDB e nada apareceu. Quando ela nasceu deu um sopro e estenose pulmonar na válvula estou acompanhando mensalmente e nao faço idéia do que vai acontecer, ela tem vida normal mas eu me preocupo demais.

Nane

Fefe,
Qual foi o problema da sua filha?

Nane

O meu filho nasceu no Hospital São Luiz onde descobriram 2 defeitos no coração dele na CIA e CIV, estamos passando com cardiologista.

Lu_ax

Esse teste faz parte da triagem neonatal, sim deve ser feito com no mínimo 24h de vida do bebe para ser diagnosticado deficiências precocemente, ou seja, o mais cedo possível deve ser realizado, mas se você ainda não fez, faça por garantia (Viviane). E atualmente estão sendo feitos pelo SUS como parte dos 4 exames neonatais, os quais são feitos na maternidade!

Consultoriointegratto

Você pode realizar o teste do coraçãozinho em qualquer idade! É importante tb que todas as gestantes saibam da exisência do ecocardiograma fetal: um exame de ultrassom realizado para avaliação específica do coração do feto. Neste exame, podemos detectar precocemente alguma cardiopatia ainda no período intrauterino.

Drrosangela

Normalmente o teste é feito na maternidade nas primeiras horas de vida do bebê para detecção precoce, logo crianças com mais de 30 dias, já foram na consulta regular de seu pediatra e portanto não é necessário o teste.O próprio pediatra avalia a parte cardiológica do bebê e pede outros exames se necessário.

Pesquise aqui
Depoimento