Soninho das crianças: bom e faz bem

O que pode tirar o sono de muitas mamães e papais é a quantidade de sono que seus filhos dormem. As dúvidas são geralmente se as crianças estão dormindo muito ou pouco, ou mesmo se dormem o suficiente para o bem estar.

Sabe-se que o sono é muito importante para o crescimento e desenvolvimento das crianças, pois é na hora do sono que hormônios como o do crescimento são lançados no organismo.

Há também liberação de substâncias que regulam o apetite e de proteínas importantes para a ativação dos linfócitos, que fazem parte do sistema imunológico do corpo.

O desregulamento do sono pode causar vários distúrbios. Podemos citar a diminuição do crescimento, prejuízo na memória, irritação, menor concentração e aprendizado.

Na escola, a criança pode até ser taxada de hiperativa. Dependendo do caso, o problema pode ser somente pouco sono durante a noite.

A criança só guarda o que aprende no dia durante o sono, onde os acontecimentos são processados e armazenados no cérebro. Se a criança dormir menos que o necessário, não processará nem armazenará o aprendizado do dia, não o transformando em conhecimento, isto é, se a criança não dorme o tempo necessário terá muita dificuldade para aprender coisas novas.

Dieta do sono? – Alguns estudos ligam a falta de sono com obesidade. Pesquisadores da Escola Bloomberg de Saúde Pública da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, indicam que crianças com menor tempo de sono tiveram um risco 92% maior de sobrepeso na comparação com as crianças que dormiram por mais tempo.

Portanto, não podemos brincar com o soninho das crianças. A duração de sono recomendado é a seguinte:

Para recém-nascidos até os quatro meses: de 16 a 20 horas de sono. A criança ainda não é capaz de distinguir o dia da noite. Ela acorda a cada três ou quatro horas para se alimentar.

De quatro a seis meses: de 13 a 16 horas. A criança dorme de 9 a 11 horas durante a noite, acordando, às vezes, para se alimentar e tiram duas sonecas durante o dia de 2 a 3 horas.

De seis meses a um ano: de 12 a 14 horas. As sonecas são normalmente uma na manhã e outra depois do almoço e duram cerca de duas horas.

No primeiro e segundo ano: de 12 a 14 horas. Dispensa a soneca da manhã, principalmente se estiver na creche ou escolinha. Dorme de uma a duas horas à tarde.

De 3 a 5 anos: de 11 a 12 horas. Aos poucos a soneca da tarde também vai diminuindo.

Se a criança dorme um pouco a mais ou um pouco a menos não é motivo para preocupação. Melhor para observação só mamãe e papai podem verificar se sua criança é mais preguiçosa ou mais agitada. Lembre-se: esses números são uma média e não é por uma variação pequena que uma criança apresenta algum distúrbio.

 

Dicas

Crie rotina e coloque seu filho para dormir na mesma hora todos os dias. Acorde também aos mesmos horários sempre.

Banho morno, contar histórias, não fazer grandes refeições ou assistir televisão antes de dormir são atitudes que facilitam o sono.

Caso o sono da criança seja muito agitado, com roncos, ranger de dentes, dificuldade de adormecer, acordar chorando e se mostrar muito cansada durante o dia e com olheiras, procure um pediatra para uma avaliação.

Bruno Rodrigues

Pesquise aqui
 
Depoimento