Pesquisar

Só leite materno até os 6 meses

publicidade

Os pediatras não cansam de dizer: até os seis primeiros meses o bebê não precisa de mais nada além do leite materno. E pode acreditar. Não fique pensando que o seu pequeno deve estar cansado de comer sempre a mesma coisa nas refeições. Nem água ou chazinho é necessário nesse período. Isso pode diminuir a vontade de mamar e a consequência é a diminuição na produção de leite. A conta é simples: quanto mais o bebê mama, mais leite é produzido. Portanto, nada de querer incrementar o cardápio do seu pequenino.

O leite é o alimento ideal para matar a sede e saciar a fome do bebê. “De uma maneira simplificada, podemos explicar que o leite do início da mamada é mais rico em água e açúcar, saciando também a sede do bebê, e o leite do final da mamada, mais rico em gordura, sendo mais calórico e fornecendo mais saciedade e ganho ponderal à criança”, diz a pediatra Sílvia Maria Baliero Nigro. É por isso que os profissionais de saúde usam os termos leite do começo e leite do fim. E também por isso que a cada mamada o bebê deve mamar no primeiro seio até esvaziá-lo, para só então passar para o segundo seio.

É só depois dos seis primeiros meses que o bebê vai poder experimentar novos sabores e texturas, quando são introduzidos mingaus, papas e frutas no menu.

Mãe amamentando seu bebê - foto: didesign021/ShutterStock.com

publicidade
publicidade