Pesquisar

Pronta para a maternidade

Veja como se organizar para quando chegar a hora do parto você não correr o risco de esquecer algo para trás

publicidade

A gestante também pode incluir na sua lista de artigos pessoais itens que possam ajudar, como o próprio travesseiro, um livro ou revista, aromas calmantes para o quarto, objetos de sua religião e até mesmo músicas para usar a musicoterapia durante o parto e a amamentação.

Um objeto que não pode faltar é a câmera de vídeo, a máquina fotográfica ou mesmo o celular para registrar o tão esperado nascimento. Não esqueça de checar as pilhas e baterias e de deixar todos os equipamentos com espaço na memória para os registros.

Segurança: não esqueça do assento (bebê-conforto) para o carro.

o que levar para a maternidade - Foto: bedneyimages / Freepik

É preciso lembrar que o acompanhante, na maioria das vezes o papai, também precisa de algumas coisinhas para passar a noite no hospital. Como provavelmente ele não vai lembrar de deixar sua mala preparada, é melhor a própria gestante se encarregar disso. Uma muda de roupas e artigos básicos de toalete são suficientes para o acompanhante. Também é válido levar algumas frutas, bolachas e guloseimas. Ele pode querer fazer um lanchinho enquanto espera ansiosamente o parto acabar.

É o acompanhante quem avisa os amigos e parentes sobre o nascimento, portanto, ele vai precisar de uma agenda telefônica, seja física ou virtual. É ele também quem deve ficar com os documentos e informações do seguro-saúde ou convênio médico para tomar as providências necessárias.

A mala também pode ter alguns artigos para comemorar a chegada do bebê, como champanhe ou bombom. As lembrancinhas são uma forma carinhosa de agradecer a visita e devem ser guardadas com antecedência na mala para não serem esquecidas.

publicidade
publicidade