Pesquisar

Pouco leite? Isso não existe. É coisa da sua cabeça.

publicidade

A natureza fez da mulher um ser muito eficiente, pois não existe nenhuma que não tenha leite suficiente para amamentar seus filhos! Embora a amamentação tenha uma base biológica, as influências culturais, psicológicas e sociais são muito fortes. As pressões do dia-a-dia são capazes de anular essa "programação" genética para a produção e liberação de leite.

O corpo da mãe produz o leite a partir de informações e estímulos que são transmitidos por hormônios. E os hormônios da amamentação são fabricados a partir dos estímulos produzidos pela boca do bebê que mama.
Ansiedade, medo e cansaço podem fazer circular na corrente sanguínea uma grande quantidade de adrenalina e outros hormônios que atrapalham a amamentação, bloqueando a liberação de ocitocina, hormônio responsável pela liberação do leite.

Esses fatores interferem na produção e liberação do leite, dando uma sensação à mãe de ter pouco leite e de não conseguir amamentar. O leite acumula-se dentro do peito e não consegue sair, causando dor e desconforto para as mamães.

Muitas mães acham que devem "economizar" o leite, e acabam reduzindo o número de mamadas. Isso acaba causando mais problemas. Quando o bebê mama poucas vezes por dia, o corpo se defende mandando uma mensagem para o cérebro diminuir a produção de leite!

Então, como produzir mais leite? A melhor solução é dar o peito várias vezes ao dia. Quanto mais o bebê mamar, mais leite vai ser produzido. Observando que é bom não exagerar na dose: quando perceber que a criança não quer, não a force!

Uma outra maneira de produzir leite é fazer massagens de estímulos ao redor do bico do peito, como se o bebê estivesse mamando, ou também molhá-los na água morna. Com o mamilo estimulado e macio, a boca do bebê se encaixa direitinho e a amamentação flui.

Já foi mais do que provado por médicos do mundo inteiro que o leite materno é a maior fonte de nutrientes para a criança, desde quando ela nasce até seu desenvolvimento completo. E lembre-se: não existe nenhuma mamãe sem leite, apenas tenha vontade e amor para amamentar, que ele vem cheio de fonte de vida!

publicidade
publicidade