O que é Trombofilia?

A trombofilia é um problema grave e pode ser responsável por alguns abortos "sem explicação".

Trombose é a formação ou o desenvolvimento de coágulos sanguíneos. Já a trombofilia é a propensão a desenvolver trombose ou outras alterações em qualquer período da vida, inclusive, durante a gravidez, parto e pós-parto, devido a uma anomalia no sistema de coagulação do corpo.

Na gravidez existem maiores possibilidades de uma mulher desenvolver a trombofilia. As causas não são todas  conhecidas, mas sabe-se que o fator genético da doença é uma delas. “Não podemos nos esquecer que entre as modificações do organismo da futura mamãe, há uma grande tendência de hipercoagulabilidade natural. Isso é fundamental para garantir que após o parto, a contração uterina ajude a encerrar a hemorragia que acontece após a saída da placenta. De outra forma, as mulheres morreriam após dar à luz”, explica o Dr. Antonio Braga, obstetra da Maternidade da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro.

A trombofilia é um problema grave de saúde e precisa ser tratada o mais rápido possível. Se ignorada, pode trazer sérios problemas para a mãe e até causar a morte do bebê. O risco é que os coágulos obstruam os vasos sanguíneos, causando o entupimento das veias dos pulmões, coração e cérebro materno, como também obstruindo a circulação na placenta.

É importante que o ginecologista que acompanha a gestante conheça o histórico da paciente e faça um acompanhamento mais detalhado caso tenha história pessoal ou familiar de trombose; três ou mais abortos naturais de 1º trimestre, dois abortos de 2º trimestre ou um caso de natimorto; casos de pré-eclampsia grave, principalmente em grávidas com menos de 32 semanas de gestação; história de descolamento prematuro de placenta e parente de primeiro grau com mutações no sangue. Para detectar se há algum tipo de trombofilia, o médico deve pedir uma complexa investigação laboratorial.

Segundo o Dr. Antonio Braga, existem tratamentos eficazes caso haja o desenvolvimento de trombofilias. O ideal é que o médico que acompanha a mamãe fique atento a qualquer sinal e assim que detectado o problema, encaminhe-a para um hematologista ou reumatologista.

Fernanda Segantini

Comentários

Zena

Oi Kenia Cafeteiro, tive tres abortos. Este ultimo, usei a heparina e mesmo assim não foi tiveadiante. Mas não tive esse acompanhamento de exames e de médicos que vc menciona. preciso do seu apoio, estou me sentindo incapaz, ajude-me a realizar o meu sonho de ser mae. Abraços Zenaide (Zena).

Jo

Já tive duas gestações interrompidas, entre 6 e 7 semanas, perdi sem explicação, simplismente não embrião não desenvolveu. Meu GO disse que é normal, mas no meu pensamento não é, pois tenho uma menina de 12 anos minha gestação foi tranquila,isso sim é normal.Fui num especialista em reprodução, solic vários exames....acha que pode ser trombofilia....estou muito assustada.

Ju

é foi diagnosticado a trombofilia estou com 15 semanas é muito confiante,estou tomando Heptron é mais alguns remédios confio muito em Deus é no meu médico.

Ju

Perdi meu bb com 28 semanas foi detectado citomegalovirus no inicio da gravidez ,porém quase morri por pressão alta,é fui liberada para engravidar novamente sem problemas nenhum,fui tentar realizar o meu sonho,é fique gravida depois de 8 meses,fui fazer o pré natal é todos os médicos falaram que tinha síndrome de hellp,a minha vida mudou quando passei no medico do sus que pediu exames caros

Cidinha

para eles investigarem o que estava acontecendo ja que envolta da placenta tinha quagulos de sangue ,mais uma vez quase morri ,agora desconfiam de trombofilia estou em investigação ,quero muito me tratar e nunca mais perder um filho isso doe demais!sofro com isso todos os dias .bjs

Cidinha

Boa noite !é com muitas lágrimas que vou resumir minha história !em 2002 tive um aborto ninguém investigou nada e me disseram que isso acontecia!em 2008 descobri que estava grávida e minha pressão subia muito e fiz uma cesária de emergência com 7meses e minha princesa se foi e eu quase morri.em 2012 engravidei de novo e com 6meses mais uma filha faleceu tive que perder mais uma filha pra só assim

Ro

Minha mae tem histórico de trombose, entao antes de tentar egravidar fui fazer varios exames para ver a questão de hereditariedade. Tambem fui diagnosticada com tendencia a trombofilia. Em agosto deste ano tive um aborto antes mesmo de começar o tratamento, mas a medica nao fez relacao com a trombofilia. Agora estou em uma gestação de /- 7 semanas, aguardando a 1* consulta. Feliz mas preocupada.

Ane

Descobri a trombofilia na minha familia após a perda de um sobrinho que estava com 38s.Meus exames deram indeterminado por 2 vezes.Minha hematologista indicou o uso de heparina todos os dias até o fim da gestação.É importante fazer um hemograma mensal para ver o nível de plaquetas e para exames de diagnóstico fazer de todos os fatores, poís na minha familia cada írma tem fator diferente, q é raro

Keniacafeteiro

ISTO É MUITO SERIO!
EU SOU PORTADORA DE TROMBOFILIA,E SOFRI UMA EMBOLIA PULMONAR COM 26 ANOS. ESTIVE PRATICAMENTE MORTA,MAS DEUS FOI MAIOR NA MINHA VIDA!

OS MÉDICOS DISSERAM QUE EU NÃO PODERIA NUNCA ENGRAVIDAR E QUE TERIA QUE TOMAR ANTE COAGULANTE PARA O RESTO DA VIDA. SAI DO HOSPITAL GRATA A DEUS PELA MINHA VIDA ,MAS ARRASADA POR NÃO PODER MAIS TER FILHOS POIS SERIA MUITO ARRISCADO.

MAS NÃO ACEITEI ESTA SENTENÇA DOS MÉDICOS E PROCUREI POR OUTRAS OPNIOES ,E DEUS COLOCOU NO MEU CAMINHO QUATRO MARAVILHOSO MÉDICOS,QUE ACEITARAM O DESAFIO DE REALIZAR O MEU SONHO DE SER MÃE!! QUE FOI O HEMATOLOGISTA Sergio Schusterschitz da Silva Araujo, O ANGIOLOGISTA DR.ANTONIO CARLOS MOURA O CARDIOLOGISTA DR.HAROLDO FERREIRA DE CARVALHO E GINECOLOGISTA OBSTETRA DR.ANGELA ELIZABETH DE ANDRADE ( ESTES SÃO MEUS ANJOS DA GUARDA)

COM O APOIO DELES E SEVERO ACOMPANHAMENTO DURANTE TODA A GESTAÇÃO ,APESAR DE TODO RISCO E DE TODA EVENTUALIDADE QUE APARECEU COMO HIPERTENSAO ARTERIAL POLIDROMIA E INCHAÇO EM EXCESSO ,CONSEGUI TER O MEU SONHO REALIZADO!!!

CUIDEM MESMO E FAÇAM O EXAME,E NAO SE APAVOREM CASO DEEM POSITIVO,POIS HOJE EM DIA NEM ANTE COAGULANTE EU TOMO FUI LIBERADA PELO HEMATOLOGISTA!!!

TENHO SIM ALGUNS CUIDADOS QUE TENHO QUE TOMAR ,MAS NADA QUE FACA DA MINHA VIDA UMA LIMITAÇÃO!!!

Gerlandeandrade

descobri que tenho trombofilia depois que perdi minha filha com 7 mes de gravidez agora tenho medo de engravida ja faz 2anos me ajudem tenho medo o que faço .

Leila

olá,descobriram que eu estava com trombose venosa cerebral com /-8 semanas.quando comecei a sentir os primeiros sintomas,dor de cabeça intensa,perda parcial dos movimentos,visão dupla etc.Fiquei internada por 16 dias e faço o uso do clexane durante toda gestação.Tô com 21 semanas e tem duvidas em relação ao parto.Tenho muito medo.Por favor me de uma luz.Obrigada

Ana Paula

Descobri a trombofilia - Fator V de Leiden após dois abortos. No inicio da 3ª gravidez ( esta gemelar) comecei a tomar a injeção Clexane. Eles nasceram com 28 semanas, pois as artérias do cordão umbilical começaram a limitar(fechar) devido a trombofilia, e tive que fazer uma cesariana as pressas para tentar salvá-los! Ficaram 75 dias no hospital, mas hoje estão com 03 anos e são super saudáveis!!!

Pesquise aqui
 
 
Depoimento