O lanche da escola

Na volta às aulas, o recreio começa em casa

A ajuda dos pais no preparo da lancheira estimula a alimentação saudável nas escolas

Com o início do ano letivo, vem a preocupação dos pais com a alimentação da garotada durante o período de aulas. Como muitas cantinas escolares não têm cardápio apropriado para uma refeição saudável, a solução está nos lanches levados de casa.

"O consumo freqüente de alimentos pouco nutritivos e calóricos é especialmente prejudicial à saúde de crianças e adolescentes ainda em desenvolvimento", afirma Flávia Bulgarelli, nutricionista do Espaço Leve - Núcleo de Prevenção e Tratamento da Obesidade infantil, em São Paulo.

Muitas vezes as crianças resistem em levar o lanche de casa porque a maioria dos amiguinhos come na lanchonete da escola. Nesse caso, os pais podem aproveitar o momento de preparar a lancheira e explicar para os filhos a necessidade de se alimentar bem, sem com isso banir os lanches mais calóricos: basta estabelecer um acordo com os filhos e reservar um dia da semana para a cantina, por exemplo.

Os pais devem ficar atentos ao que as crianças andam comendo na escola, pois é um hábito compartilharem os lanches. Mesmo que estejam levando alimentos saudáveis de casa, podem estar consumindo guloseimas compartilhadas com outros amigos. Uma sugestão é debater o assunto no conselho de pais ou criar uma consciência de consumo, estipulando apenas um dia em que as guloseimas sejam permitidas.

"Quando os filhos são adolescentes e a cantina é quase inevitável, o melhor é orientá-los a escolher os salgados assados (menos gordurosos que os fritos), um suco (em lata ou caixinha) e um iogurte ou vitamina (que são boas fontes de cálcio, nutriente importante nessa a idade). Mesmo se alimentando na cantina os lanches podem ser mais leves e nutritivos, é uma questão de escolha por parte dos adolescentes", explica a nutricionista.

Flávia preparou uma tabela para todos os dias da semana com dicas de lanches ricos em nutrientes e saudáveis. "O ideal é conscientizar as crianças, desde cedo, sobre a importância de se equilibrar diferentes nutrientes na mesma refeição e ao longo da semana", completa a nutricionista, graduada pela PUC-Campinas, com especialização em nutrição materno infantil pela Unifesp/EPM.

SUGESTÕES

segunda-feira

1 caixinha de vitamina
1 bisnaguinha com requeijão
1 maçã

terça-feira

1 caixinha de suco concentrado
1 sanduíche (2 fatias de pão de forma) com queijo branco
1 pêra

quarta-feira

1 garrafinha de leite fermentado
1 minibolo
1 goiaba

quinta-feira

1 caixinha de suco concentrado
3 bolachas sem recheio
1 queijo processado

sexta-feira

1 caixinha de achocolatado
1 bisnaguinha com peito de peru
1 ameixa vermelha

Obs.: os lanches devem ser acondicionados em recipientes verdadeiramente térmicos.

Dica: Convença a escola do seu filho a ter espaços refrigerados (geladeiras) para acondicionarem os lanches trazidos de casa até o momento do intervalo para o recreio.

 

Pesquise aqui
 
 
Depoimento