Miomas trazem riscos à gravidez

Esse tipo de tumor pode dificultar a gravidez e até mesmo provocar abortos.

Um tumor que aparentemente não significa risco à vida da mulher pode ser um empecilho para o tão sonhado desejo de ter um filho. Miomas são tumores benignos no útero, que podem chegar a 20 cm de diâmetro, e que costumam ter como alvos mulheres entre 20 e 45 anos. A verdade é que o mioma está associado à dificuldade reprodutiva, pois pode dificultar o encontro do espermatozoide com o óvulo.

O mioma pode aumentar o risco de parto prematuro, sangramentos, dificuldade no parto e aborto espontâneo logo nos três primeiros meses de gestação.

Sangramento excessivo, prisão de ventre, dificuldade para urina, dor durante a relação sexual podem ser sinais de mioma.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) informa que mais da metade da população feminina no mundo já apresentou casos de miomas. Mas não se desesperem. Muitas mulheres com miomas uterinos acabam tendo gestação sem qualquer problema. E mais: algumas sequer souberam que durante a gravidez apresentaram mioma uterino.

No entanto, em alguns casos, esses tumores benignos interferem sim na gestação. Daí a necessidade da mulher se prevenir e buscar profissionais da saúde.

Dependendo do caso, o tratamento pode ser cirúrgico. Existem algumas intervenções cirúrgicas específicas: a miomectomia (retirada do mioma), histerectomia (retirada do útero) e embolização (cirurgia em que é interrompido o “alimento” do mioma, “matando” o mioma de fome).

O tratamento também pode ser feito por meio de anticoncepcionais orais e liberadores de gonadotrofinas, hormônios que controlam o ciclo natural da mulher.

Por não apresentar grandes dores ou efeitos quando surge, o mioma uterino nem sempre é percebido inicialmente pela mulher, passando a incomodar justamente na gravidez. Por essa razão é interessante a realização de exames preventivos, entre os quais a ultrassonografia pélvica de rotina.

A ginecologista e obstetra Karina Zulli, do Hospital e Maternidade São Luiz, informa que a ultrassonografia pélvica consegue rastrear até 80% dos miomas. “A ausência de sintomas deixa clara a importância de consultar uma ginecologista anualmente. O diagnóstico precoce pode, inclusive, evitar que o ciclo menstrual seja afetado”, explica Karina Zulli. As causas do surgimento do mioma ainda são desconhecidas. O mioma pode crescer, podendo atrapalhar a gravidez.

Em caso de detecção do mioma, a mulher precisa ter respaldo médico para saber quais procedimentos corretos a seguir para impedir que o tumor prejudique a gravidez. Portanto, nunca se esqueça de consultar especialistas antes durante e depois da gravidez.

Bruno Rodrigues

Comentários

Goldinha

ola boa tarde descobrir atraves de uma ultra pelvica que tenho mioma e estou com 8 semanas de gestaçao gracas a deus nao tive nenhum problema de sangramento nem nada.vou levar minha ultra pro medico availiar.boa sorte pra nos mamaes que o senhor abençoe e proteja nossa gestaçao.

ValBarros

Há muito tempo sei dos meus miomas, porem todos os médicos que passei disseram que não seriam problema e não tinha o que fazer porque eram muito pequenos e tal... acontece que agora que estou gravida de 7 semanas eles estão crescendo muito e o técnico da ultrassom falou que pode prejudicar sim a gestação. Coloquei meu bebê e minhas esperanças nas mãos de Deus. Feliz com cada semana de evolução.

ValBarros

Oi gente, tenho 2 miomas intramurais ha algum tempo, mas come mediam 1cm cada, todos os médicos que fui diziam que não me preocupasse pois eram muito pequenos e não teria problema. Só que na gravidez eles aumentam muito e é sempre a 1° coisa que o médico da ultrassom fala, antes mesmo de citar meu bebê. Estou com 6 sem. e eles já com 3cm. Espero que os médicos estejam certo e não atrapalhe mesmo.

Kamylla

Boa Noite!
estou gravida de 7 semanas e tenho um mioma por fora do útero medindo 1,6 cm.
Tive um pequeno sangramento nas primeiras 5 semanas, fui ao medico e por ultrassom descobri esse mioma. De la pra cá não tive mais sangramentos e acho que corre tudo bem com meu tão sonhado nenem. Amanhã tenho outra ultrassom, orem por mim pra que esteja tudo bem com meu bebe.

Luana.forever

Tenho 31 anos e descobri pouco tempo que tenho um mioma do tamanho de um arroz, mas decidi engravidar minha médica disse que não vou ter problema nem, sei e li muitos artigos sobre esse assunto mas tenho muitas duvidas.

Yvi

Boa Tarde,Tenho 38 anos e fui a ginecologista para começar os procedimentos antes de engravidar e descobri que tenho 2 miomas subserosos, um no tamanho de uma laranja e o outro de uma bola de gude.A ginecologista falou sobre os riscos durante uma gravidez como síndrome de down ou algum outro tipo de anomalia. Gostaria de saber a porcentagem em relação a essas anomalias e a um aborto espontaneo.

Guia do Bebê

Os miomas poderão dificultar a gravidez mas não estão relacionados a anomalias no feto. A síndrome de Down, no seu caso, está relacionada à sua idade, pois é sabido que quanto maior idade da mãe e do pai maior a chance de nascer uma criança com síndrome de Down.

Tbraz

tenho 38 ano tenho 4 mioma estou a mas de um ano querendo saber o melhor meio de tratar sem tirar o útero.

Pesquise aqui
Depoimento