Pesquisar

Homeopatia e gravidez - Uma parceria saudável

O remédio homeopático pode ser usado de maneira eficaz durante a gravidez

publicidade

Você desconfiava, mas não tinha certeza. Depois da espera angustiante, de alguns testes veio a confirmação: o teste deu positivo. Que momento mágico! Parabéns. Você está grávida.

Mas, junto com toda essa festa e alegria, aparecem algumas preocupações, alguns medos, muita insegurança e uma questão: - E agora? O que é que eu faço?

Entre as muitas atitudes a tomar (depois de avisar o papai, é lógico), uma delas é iniciar o acompanhamento da sua gravidez, com um médico de confiança, que estará com você e seu bebê durante essa jornada, para que essa fase possa ser aproveitada e curtida em sua plenitude.

Homeopatia na gravidez também no pré-natal - Foto: absolutimages / shutterstock.com

Você já pensou em procurar um homeopata?

A homeopatia é uma especialidade médica que pode perfeitamente acompanhar você, durante o seu pré-natal e melhorar sua qualidade de vida nesse período até o parto. Além disso, pode proporcionar ao seu bebê, desde já, os benefícios que a homeopatia pode promover, mesmo antes dele nascer, gerando uma criança menos propensa a adoecer.

A gravidez é um momento único na vida da mulher. Seu corpo passa por inúmeras mudanças, e, cá entre nós, nem todas são muito agradáveis.

Todas as grávidas, especialmente as mamães de primeira viagem, conhecem alguém mais experiente que estava apenas esperando essa hora chegar para "dar alguns palpites e alguns conselhos" para ajudar nessa fase. Primas, tias, mães, vizinhas, comadres: um batalhão, não é? E todas elas querem te passar um método infalível para resolver algum problema que você certamente vai ter, coitadinha.

Mas, cuidado! Se existe algum período na vida em que a automedicação é contra-indicada, não recomendada e muito perigosa é o período da gravidez. Siga sempre as orientações médicas. Especialmente, porque na gravidez há medicamentos que não devem ser tomados pelo risco de causar problemas em seu bebê. Além disso, há outros remédios que podem causar efeitos colaterais e prejudicar o bom andamento da gravidez. Até mesmo um chá, por mais inocente que pareça, pode trazer algum risco se não for bem orientado.

E é aí que a homeopatia pode oferecer uma de suas mais valiosas contribuições. Desde que seja prescrita e acompanhada por um médico homeopata, não há contra-indicações e nem efeitos colaterais indesejáveis com a utilização de medicamentos homeopáticos nessa fase.

O remédio homeopático pode ser usado de maneira eficaz, durante a gravidez, não só no sentido de aliviar um sintoma, mas também "desarmando" tendências de algumas doenças que poderiam surgir sem o tratamento adequado. E isso vale tanto para a futura mamãe quanto para seu bebê, ainda dentro do ventre materno.

Na minha experiência, a homeopatia pode auxiliar na prevenção, cura ou atenuação de sintomas comuns que podem gerar um desconforto que interfere, no mínimo, no bom humor e na felicidade da futura mamãe.

Sintomas do dia a dia da grávida como náuseas e vômitos, azia, alterações do sono, varizes, hemorroidas, intestino preso, infecções urinárias, ansiedade, depressão e outros podem ser prevenidos e tratados por meio do acompanhamento homeopático durante toda a gestação.

E esse tratamento não precisa terminar quando o bebê tão esperado nasceu. A homeopatia tem função em fases importantes desse processo como no pré e pós-operatório, por exemplo, facilitando a cicatrização e diminuindo o sangramento, favorecendo a contração uterina e recuperando mais rapidamente a mamãe.

A recém-mamãe também pode se beneficiar do tratamento homeopático para ajudar a produção e descida do leite materno, prevenir o quadro de depressão pós-parto e muitas outras situações que, se não forem diagnosticadas a tempo, pelo seu médico de confiança e tratadas adequadamente podem tirar um pouco da emoção e da imensa felicidade de ser mãe.

publicidade
publicidade