Pesquisar

Gravidez e gripe A H1N1

Conheça os sintomas e o que fazer para evitar a gripe A H1N1

publicidade

A gripe A H1N1 (inicialmente conhecida como Gripe Suína) merece atenção das gestantes. Se a gestante sentir qualquer um dos sintomas deve procurar um médico imediatamente. 

Os infectologistas ainda desconhecem os motivos, mas podem refletir que, com a gestação adiantada, muitas futuras mamães expressam dificuldade para respirar livremente, pois o útero desenvolvido pressiona o diafragma, como também, pelo fato de estarem com o sistema imunológico mais enfraquecido.

A verdade é que esta séria e real preocupação vem se somar aos inúmeros temores e anseios próprios da gravidez e que deixam as gestantes muito mais sensíveis e vulneráveis. Aqui incluo os futuros papais, vovós e não só a rede familiar como os amigos mais próximos.

Sintomas da Gripe A H1N1

Febre, tosse, dor na garganta, dor de cabeça, calafrios, cansaço, dores muscular e nas articulações, são sintomas comuns da gripe. Também pode haver diarreia, náusea ou vômito. O nariz poderá ficar congestionado e escorrendo, além de provocar espirros. Se houver falta de ar e febre por mais de três dias são sinais de agravamento dos sintomas. Em caso de gripe procure um médico pois a gripe pode ser fatal, no caso de gestantes também há o risco para o feto.

Para evitar a contaminação da gripe A

As futuras mamães devem evitar aglomerações, contato com pessoas que não estejam saudáveis, que mantenham o asseio e, sempre que possível lavar as mãos e não levá-las à boca, nariz e olhos.

A transmissão do vírus se dá por meio de contato com secreções de uma pessoa contaminada como gotículas no ar (tosse e espirros), saliva (beijo, copos e talheres compartilhados) e superfícies contaminadas como uma maçaneta de porta ou corrimão de escada. Por isso é importante sempre lavar as mãos e evitar ao máximo colocá-las na boca. Caso não seja possível lavar as mãos, utilize álcool gel para limpar as mãos.

Evite tensão emocional

Devemos facilitar à futura mamãe o convívio com pessoas calmas e esclarecidas, de sua inteira confiança, para que possam tranquilizá-la ante qualquer tensão emocional mais exacerbada e permitir-lhe que expresse os sentimentos que estejam incomodando-a sobremaneira.

Este exercício que darei a seguir favorece o relaxamento e aumenta a capacidade pulmonar, sendo de grande eficácia se praticá-lo num ambiente com luz fraca, silencioso ou com música suave e com baixo volume:

- deitada de costas, com as pernas flexionadas, inspire pelo nariz lenta e profundamente, enchendo o abdômen. Expire também lentamente pela boca,. Conte os segundos que levou para inspirar devendo ser igual ao que levou para expirar. Se possível, aumente gradativamente o tempo para cada movimento.

Além de aumentar a capacidade respiratória, este método ativa o intestino evitando prisão de ventre, bem como, oxigena os órgãos comprimidos pelo útero.

Tudo isto é de grande importância para o bem-estar da futura mamãe, pois ajuda a minimizar a angústia e o medo nestes momentos tão cheios de insegurança e tensão. Não se esqueça, ainda, de consultar seu médico a cada situação que se apresente, pois só ele sabe o que é melhor para sua paciente.

Vacinação da Gripe A H1N1

Vacinação: toda gestante deve ser vacinada contra a gripe A H1N1. Normalmente há campanhas de vacinação antes do início do inverno, época mais propícia para a contaminação por Gripe A H1N1.

Mulher grávida sendo vacinada - foto: Image Point Fr/ShutterStock.com

publicidade
publicidade