Pesquisar

Grávidas têm de se cuidar mais no verão

publicidade

Atividades físicas e cuidados com a pele são fundamentais

No verão, as gestantes podem sofrer mais com dores lombares e inchaços. De acordo com a fisioterapeuta Silvia Rezek, do Hospital Santa Paula, o útero se expande, ocorre aumento de peso e tamanho das mamas, contribuindo para o deslocamento do centro da gravidade para cima e para frente.

"Para se aliviarem do desconforto e das dores, muitas gestantes adotam posturas incorretas, impondo à coluna vertebral e às articulações um esforço excessivo. Esse quadro também tende a prejudicar a circulação sanguínea e, conseqüentemente, aumentar os episódios de inchaços nas pernas e braços", diz a especialista.

Silvia argumenta que, mais do que uma orientação de atividade física, a fisioterapia pode facilitar o parto, além de garantir maior bem-estar à futura mamãe. "A gestante é levada a tomar consciência do próprio corpo, reeducar sua postura e fazer exercícios regularmente de forma adequada, sempre após liberação do obstetra", diz.

Segundo a fisioterapeuta, para cada gestante há um tipo mais adequado de atividade, sendo que as mais indicadas são caminhadas, hidroterapia e Reeducação Postural Global (RPG). "Indicamos a RPG somente a partir do terceiro mês de gravidez, otimizando o relaxamento da coluna e a liberação da respiração. O objetivo final é diminuir os quadros de dores, aumentar o retorno venoso, a circulação linfática, e diminuir o inchaço durante a gravidez."

Pele: saiba o que pode e o que não pode

De acordo com a médica dermatologista Lílian Estefan, vários cuidados com a pele, o corpo e os cabelos são importantes durante a gravidez. Conheça os procedimentos liberados e proibidos:

  • A renovação celular promovida pela exfoliação favorece a hidratação da derme. No rosto, ela ajuda na eliminação daquelas manchas típicas da gravidez. No entanto, os cosméticos utilizados devem promover uma ação suave e não a descamação da pele. Esteja atenta.
  • A exfoliação corporal suave também traz ótimos benefícios para essa fase, ativando a circulação e deixando a pele mais macia. Ela também é indicada para deixar a pele dos mamilos mais espessa e resistente para o momento da amamentação, prevenindo rachaduras.
  • Depilação com lâmina, cera quente ou fria está liberada. A depilação a laser está desaconselhada durante a gravidez, porque as gestantes têm mais chances de ficar com a pele manchada.
  • A grávida não deve lançar mão de preenchedores e Botox. Embora a toxina botulínica tenha ação localizada, é melhor deixar para recorrer a seus efeitos depois do parto.
  • Tintura, descoloração e outras químicas não devem ser utilizadas nos três primeiros meses de gestação, já que exalam cheiro muito forte e são absorvidos pela pele. São contra-indicados.
  • A escova progressiva está proibida por causa do uso de formol. Mesmo com o componente em quantidade reduzida, o procedimento ainda é arriscado, havendo grandes chances de ser absorvido pelo organismo.
  • O protetor solar é imprescindível durante os nove meses, principalmente no verão. Apesar de prevenir as manchas comuns desse período, o indicado é usar filtro com proteção solar a partir de 30, reaplicando freqüentemente. Há bons produtos no mercado.
  • A hidratação corporal e facial é fundamental durante a gravidez, sobretudo na barriga, seios e nádegas, áreas em que a pele vai esticar mais em decorrência do crescimento do bebê. Nessas regiões é aconselhável usar hidratante após o banho para evitar o aparecimento das estrias ou um creme antiestrias.
  • Apesar de a oleosidade natural aumentar durante os nove meses, a pele do rosto também deve ser hidratada, só que com produtos oil free.
  • Para a limpeza facial e corporal utilizar os sabonetes líquidos ou leites de limpeza em peles muito secas.
  • O tônico pode ser utilizado para normalização do Ph da pele, evitando o aparecimento de acnes pelo aumento da oleosidade, além de deixar a pele mais hidratada.

Gestante em frente ao espelho passando creme facial - foto: Dmitry Melnikov/ShutterStock.com

publicidade
publicidade