Pesquisar

Cuidados com os dentes do bebê - de 0 a 2 anos

São 5 dicas para que os pais fiquem atentos e assim garantam uma boa formação dos dentes da criança

publicidade

Amamentação materna

O leite materno é o alimento ideal para o bebê com relação aos aspectos nutricionais e emocionais. Além disso, durante a amamentação no peito materno o bebê realiza um exercício físico oral que estimula toda a musculatura oral e respiração nasal, favorecendo assim a respiração pelo nariz, fala e posicionamento da língua e das arcadas. Este momento deve ser tranquilo e aconchegante para mãe e bebê.



Bebê sendo amamentado - Foto: Igor Borodin/ShutterStock

Mamadeira

Quando por questões de saúde ou emocionais não é possível o aleitamento materno deve-se utilizar a mamadeira com os bicos anatômicos e sem aumentar os furos originais da mamadeira. O importante é que ao oferecer a mamadeira não se altere o carinho e tranquilidade deste momento. Inclusive o momento do início do desmame e a remoção final da mamadeira deve ser o mesmo do aleitamento materno. A mamadeira deve ser apenas a substituição do aleitamento materno, não a comodidade de fazer o bebê tomar mais leite.

Bebê bebendo leite na mamadeira - Foto: Giuseppe_R/ShutterStock.com

Chupeta e chupar o dedo

Hábitos de sucção de chupeta e dedo devem ser considerados normais nesta fase oral. Apenas não se deve estimular a sucção da chupeta em exagero, não oferecer a chupeta em todos os choros do bebê, pois poderá ser outro motivo que não a sucção, como fralda molhada, desconforto de posição e necessidade de aconchego. A melhor época de remoção da chupeta dependerá da capacidade física e emocional de cada bebê, normalmente acontece por volta dos 2 anos de idade. A sucção digital, normalmente perdura por um período mias prolongado, pois o bebê terá acesso ao dedo 24 horas.

Hábitos deletérios - uso da chupeta - Foto: Prof. Dra. Silvia Chedid

Boca aberta

O hábito de manter a boca aberta também deve ser monitorado. Se a criança respire pela boca deve passar por uma avaliação do Otorrinolaringologista para verificar se há obstrução das vias aéreas. Muitas vezes, mesmo depois de desobstruídas as narinas a criança mantém a boca aberta por hábito e isto também deve ser corrigido ou evitado.

Paninhos

Deve-se evitar o hábito dos paninhos, pois podem provocar acidentes como sufocamento (enrolar o pescoço, fechar as narinas) e fraturas de dentes (por quedas, após tropeçar no paninho).

publicidade
publicidade