Pesquisar

Como fazer arrumação do quarto da criança

Arrumar o quarto não é uma questão só de organização mas de disciplina e higiene

publicidade

A mamãe não sabe o que fazer com tantos objetos espalhados pelo quarto da criança. Brinquedos por todos os cantos e roupinhas penduradas na poltrona ilustram o cenário. Ainda dá tempo para deixar o espaço funcional e aconchegante.

Antes de começar a arrumação, coloque-se no lugar do seu filho e imagine procurar o objeto preferido da criança. O tamanho dela não permite alcançar a parte alta do armário e o ato representa perigo. Tenha o móvel como uma pirâmide. Na base, guarde o que for mais importante para o filhote. No alto, objetos que não são utilizados com frequência.

No início da arrumação, não se assuste. A bagunça poderá ficar ainda maior. Uma boa pedida é retirar todas as roupas do armário. Peça para que a criança vista cada peça. Desta forma é mais fácil ver o que ainda serve. Você economizará espaço e fará uma ótima ação se quiser doar o que sobrou.

Mamãe ajundando o filho a arrumar o quarto - Foto: Tomasz Trojanowski/Shutterstock.com

Calças, casaquinhos e vestidos podem ser pendurados com cabides reforçados no armário. Camisetas, cuecas ou calcinhas e uniformes escolares, por exemplo, devem ser guardados nas gavetas. Se não tiver sapateira separe um cantinho do móvel para colocar os calçados. Nada de guardar coisas debaixo da cama.

Incentive o poder de escolha do seu filho e instale um suporte de pressão nos armários. Com esta opção, a mamãe deixará as roupas ao alcance dos pequenos e regulará a haste conforme a criança for crescendo. Assim, evitará ouvir os futuros pedidos: “Cadê a minha calça?”. 

Hora de mexer nos brinquedos. É assustador, mas você irá achar até brindes repetidos que a criança costuma ganhar no fast food, entre outros artigos quebrados. Que tal sentar com o seu filho e perguntar com qual ele mais gosta de brincar, o que quer que seja guardado e qual o brinquedo que não usa mais? Compre caixas coloridas e insira os objetos lá. Ficará mais fácil para a criança achá-los.

Algumas mães misturam os seus pertences com os dos pequenos. Cada coisa em seu devido lugar. Guarde os seus objetos em locais apropriados. Se agir desta forma, dificultará a sua procura por algo que poderia estar ao seu alcance.

Dá até para respirar, não é? Mas, o trabalho ainda não acabou. A identificação visual é bastante trabalhada pelas crianças. Identifique as repartições e caixas com imagens para que a criança saiba se o que busca está lá. “Esta é para o brinquedo; aquela é a do lápis de cor, por exemplo”. 

Vida nova para o quartinho do filhote. Porém, nunca se esqueça de dar o exemplo e mantenha a sua casa sempre organizada e tente criar um espaço dentro do quarto da criança para ela brincar, sem invadir todos os espaços da casa. Bom trabalho!

publicidade
publicidade