Pesquisar

Chá de lingerie: a nova moda entre noivas

O tradicional chá de panela está ficando no passado

publicidade
Engana-se quem pensa que maio lidera o índice de casamentos. Apesar de ser tradição e considerado o mês das noivas, está somente em sétimo no ranking, com cerca de 84 mil cerimônias de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2013. O líder é dezembro com aproximadamente 133 mil uniões.

Com esse crescimento de dezembro, setembro, outubro e novembro tornam-se cada vez mais procurados para as festas realizadas antes do casamento. Muitas noivas preferem trocar o tradicional chá de panela pelo chá de lingerie, por exemplo. Um dos casos é o da publicitária Solange Felipe. “Eu nunca gostei de ganhar presentes de cozinha, como rolo de macarrão. Por isso, decidi trocar o chá de panela pelo chá de lingerie que é bem divertido. Além disso, escolhi fazê-lo em setembro, quando se inicia a primavera e está sempre associado à beleza, para ganhar as lingeries das minhas amigas. A gente sai do cinza do inverno e entra numa fase linda do ano”, revela.

chá-de-lingerie-foto: Justine FG - freeimages.com

De acordo com Adriana Onoda, gerente de marketing do Grupo Lutestil, fabricante de moda íntima feminina, este hábito é cada vez mais frequente. Ela conta que já tem modelos de lingerie com uma busca enorme.

“O chá de lingerie é quase uma obrigação para as mulheres que estão prestes a casar, pois a noiva recebe peças lindas, incríveis e sensuais. A Lut Lingerie tem vários modelos ideais para esta data. O mais queridinho e com uma procura enorme é o 520 com o 519 que batizamos com o nome de “noivinha”. Eles ocupam o terceiro lugar no ranking dos mais vendidos no mix de mais de 150 produtos da coleção.”

A pesquisa do IBGE ainda aponta que em 2014 o Brasil realizou 1.106,440 casamentos, sendo os maiores índices nas regiões Centro-Oeste e Sudeste.
publicidade
publicidade