Arrumando o armário dos bebês

Ao montar o quarto do seu bebê, dê uma atenção especial ao guarda-roupa.

Ele precisa ser projetado para que você tenha rapidamente tudo à mão.

O armário infantil deve ter espaço para pendurar roupas, gavetas e prateleiras como o dos adultos, só que em proporções menores, adaptado ao tamanho das roupas dos bebês.

Mas um bom projeto para o móvel não basta. É preciso organização para que ele fique funcional.

Antes do bebê nascer, arrume o armário separando as roupas por tamanho e tipo. Por exemplo, deixe as peças RN à vista e guarde as roupinhas maiores, que ele vai usar dentro de alguns meses, nas prateleiras mais altas ou no fundo das gavetas.

Deixe as roupinhas do dia a dia, macacões, camisinhas pagão e casaquinhos nas gavetas e prateleiras de mais fácil acesso. Dessa forma, você não vai precisar se agachar ou se esticar toda para alcançar a roupa no alto no armário enquanto estiver trocando o bebê.

Use caixas sem tampas dentro do armário para guardar fraldas, babadores e paninhos que precisam estar sempre à mão.

As roupas mais delicadas, com rendas, babados, fitinhas e as engomadas, podem ser guardadas no armário dentro de sacos de tule ou outro material furado. Assim, elas ficam protegidas da poeira e ao mesmo tempo arejadas e livres de bolor e manchas.

Conforme o bebê for crescendo, dispense as roupas que não cabem mais. Elas precisam dar lugar para as novas que vão chegar. Nos primeiros meses de vida, a rotatividade de roupas é grande e você precisará fazer arrumações com freqüência para manter o espaço organizado.

Lembre-se que todas as roupas do bebê devem ser guardadas em um local limpo e arejado.

 

Depoimento